Leela – SESC Pompéia

Bianca JhordãoShow Review

Para incendiar a noite paulistana

08/08/2008

Bianca Jhordão – voz, guitarra, theremin e maracas

Rodrigo Brandão – guitarra e voz

Tchago Kochenborger – baixo e voz

PHD Ronzoni – bateria

Clima instável sujeito a surpresas. Esta é a previsão do tempo para os paulistanos, que não sabem mais como se adequar as mudanças repentinas que acontecem na cidade. Esta noite em particular merecia o antigo título “São Paulo, terra da garoa”, com uma dose extra de frio.

Mas na Choperia do SESC Pompéia, a temperatura se elevou às alturas durante a apresentação da banda Leela. O clima acolhedor e a boa acústica do local proporcionaram um ambiente ideal para o grupo mostrar todo seu potencial. Tchago e PHD são responsáveis por uma seção rítmica dinâmica e envolvente, perfeitamente integrados, com uma energia realmente vibrante.

A guitarra de Rodrigo comanda as ações, busca preencher os espaços utilizando a criatividade e acrescentar novas sonoridades, com a variedade de pedais de efeitos à sua disposição. E o vocal de Bianca é a marca registrada do grupo. Sua guitarra serve como um complemento ideal para a atuação de Rodrigo.

O Leela conseguiu uma façanha: um CD de estréia bem sucedido que conquistou o público e colocou a banda em evidência na mídia. Veio o segundo trabalho, Pequenas Caixas, que manteve o mesmo estilo sonoro, mas apresentou mudanças significativas. As composições tornaram-se mais ágeis, com um acréscimo de peso. Sem contar a evolução nas letras, novos temas e idéias que valorizaram ainda mais o trabalho.

Assim, o repertório se tornou eclético e permitiu que a banda aumentasse as opções em seus espetáculos. É agradável ver o público aplaudindo músicas que retornam ao setlist após um tempo de ausência, associadas aos novos temas.

Em “Sou Assim”, que abre o show, é ótimo ver Bianca levar ao palco o theremin, instrumento pioneiro na música eletrônica. Criado pelo russo Léon Theremin, em 1919, popularizou-se no rock através de Jimmy Page, especialmente em sua performance no filme The Song Remais the Same.

Rodrigo BrandãoApós mais duas músicas do CD de estréia, “Odeio Gostar” e “Te Procuro”, a banda se concentrou no repertório de Pequenas Caixas. A faixa-título, composta por Bianca, Rodrigo e Fausto Fawcett, é um exemplo: criar melodias que têm um grande apelo diante do público é uma tarefa difícil. Mas o Leela consegue atingir este objetivo em diversas oportunidades: “Amor Barato”, “6 Horas Sem Desculpas”, “Garota espelho”, “Amores Frágeis”.

Em “Mundo Visionário”, merece destaque a letra: “Vamos lá poeta que a musa tá com pressa/ O coração apaixonado vai rimando amor com dor/ A terra já rodou, já envenenou/ Qual a cor da alegria?”.

Ao final do show, a garoa havia passado, ainda estava frio, mas o público saiu aquecido e muito satisfeito após descobrir os segredos das pequenas caixas sonoras do Leela.

Fotos Exclusivas do Show

Leela Links:

Home Page

Fotolog

Youtube

Flickr

MySpace

Onde:

SESC Pompéia

Leia também:

Lipstick – SESC Santo André 25/07/2008

Leave a Reply