Blackmore´s Night – Secret Voyage

CD REVIEWSecret Voyage Cover

Viajar pelo passado. Olhar para o futuro.

Ciro Hiruma

Ritchie Blackmore escreveu e reescreveu a história do rock em várias oportunidades, atuando no Deep Purple ou no Rainbow. Seu estilo como guitarrista foi uma influência decisiva para inúmeros seguidores: blues, erudito e hard rock foram as principais vertentes que o músico explorou. Sem contar as inovações técnicas como a guitarra de escala escavada, utilizada inclusive por um famoso fã: Yngwie Malmsteen.

Em 1997, Blackmore decidiu expandir sua área de atuação e obteve a colaboração fundamental de sua companheira, Candice Night. Desta união surgiu o Blackmore´s Night, que surpreendeu em seu álbum de estréia, Shadow of the Moon: uma sonoridade basicamente acústica, com influência do folk medieval europeu e tendências da música do oriente médio.

Porém, a idéia fantástica deste trabalho foi se diluindo e perdeu a força, tornou-se repetitiva. Foi então que Ritchie Blackmore retornou gradativamente com um repertório mais elétrico, colocando sua guitarra em evidência. É a partir desta expectativa que surge Secret Voyage, o novo álbum da banda.

“God Save the Keg”, é a faixa de abertura sinfônica, com breves intervenções da guitarra e um solo de órgão no melhor estilo Bach. O guitarrista foi buscar inspiração em seu passado para a composição. Quem teve a chance de ouvir “Can´t Let You Go”, do Rainbow (Bent out the Shape, 1983), vai recordar sua introdução “bachiana”.

“Locked Within the Crystal Ball” segue a linha melódica de “Stella Splendens”, que compõe o manuscrito catalão Vermell de Montserrat, do século 14. O ritmo tem uma breve citação techno, a influência do folk continua evidente, mas é Blackmore que concede o estilo hard rock com solos precisos de guitarra, mostrando que continua em plena forma. Uma linha de bateria ágil e pesada completa a proposta sonora.

Os temas sobre a tradição cigana sempre foram utilizados por Ritchie desde os tempos do Deep Purple, especialmente em “Gypsy” (Stormbringer, 1974) e “Anya” (The Battle Rages On, 1993). “Toast of Tomorrow” retorna com a mesma temática e acrescenta a musicalidade típica desta cultura. É possível imaginar um vilarejo medieval, em meio a uma festa, ao som de uma entusiasmada violinista (no caso, Gypsy Rose, o nome não é coincidência): “nós dançaremos durante a noite/ à luz de velas/ aquecidos pelo brilho do fogo”.Ritchie a Candice

“Prince Waldeck´s Galliard” coloca Ritchie Blackmore ao lado de outro grande guitarrista dos anos 1970, Steve Howe do Yes. Ambos são músicos com formação no rock que adotaram em algum momento da carreira a estética instrumental dos trovadores da Idade Média.

Criar uma versão para um clássico da música é tarefa difícil. “Can´t Help Falling in Love”, sucesso de Elvis Presley, aparece com um ritmo praticamente dançante, uma idéia inovadora aliada a interpretação notável de Candice Night. Apesar da ousadia e do trabalho bem realizado, a versão do rei do rock continua imbatível.

Blackmore conhece muito bem “Rainbow Eyes”, afinal é sua composição em parceria com Ronnie James Dio presente no álbum Long Live Rock ´n´ Roll (1978), do Rainbow. Um estilo mais descontraído e dinâmico marca a nova versão. Mesmo assim, a gravação original ou o tributo sinfônico ao Rainbow com vocal de Joe Lynn Turner, no Japão em 2006, são nitidamente superiores.

A música que encerra o CD, “Empty Words”, se destaca por sua simplicidade e sensibilidade: o violão de Ritchie rege a composição e abre espaços para leves intervenções do violino e teclados. O vocal de Candice reina soberano.

O que dizer sobre as demais canções? Seguem o mesmo esquema desde Shadow of the Moon, sem despertar maior interesse. Por outro lado, a arte gráfica da capa continua impecável, desta vez focalizando a lenda do Holandês Voador, o navio-fantasma.

Secret Voyage é um bom trabalho e apresenta algumas novidades. Mas o futuro do Blackmore´s Night precisa ser cuidadosamente planejado para evitar que a sua música se torne uma fórmula repetitiva.

Assista o vídeo de “Locked Within the Crystal Ball”:

Blackmore´s Night no Youtube

Visite o site oficial

Leave a Reply